Edições anteriores

  • Sétima Edição - Acta Sapientia

    Sétima Edição
    v. 7 n. 1 (2020)

    Revista Eletrônica Acta Sapientia, Volume 07, Número 01, 2020.

     Apresentação

    Prezados Leitores:

    É com enorme satisfação que os Editores da Revista Eletrônica Acta Sapientia anunciam os artigos componentes do volume 7 de 2020, ano em que o Mestrado POLEDUC completa 15 anos de existência. No rol dos oito textos que vêm à baila neste volume, destaca-se, inicialmente, a produção de J. M. L. Barros e W. B. Andriola, que focou sobre a eficácia da formação discente do curso em Odontologia da Universidade Federal do Ceará (UFC). Para tal, realizou-se pesquisa com 77 egressos do período 2013 a 2015, cujos resultados apontaram fatores positivos associados à formação, tais como: qualidade do ensino, docentes com alto nível de qualificação, ofertas de atividades de pesquisa e extensão e incentivo a formação acadêmica. Finalmente, observou-se que 61 egressos (79% da amostra) exerciam alguma atividade remunerada, ou seja, estavam inseridos no mercado de trabalho, denotando, dessa forma, elevada eficácia do curso.

    No segundo artigo, L. R. Barreto e colaboradores focaram seu estudo sobre procedimentos para o gerenciamento de riscos em IES, através do uso de métodos multicritério. Empregando um framework participativo validou-se processo de priorização de riscos na divisão orçamentária de uma IFES, que poderá vir a ser reproduzido em outras IES, sejam de natureza pública ou privada. Assim, será possível obter-se uma classificação de riscos, e contribuir, dessa forma, com a governança e a transparência institucional.

    No terceiro texto, G. Fenner e A. S. Lima enfatizaram a dinâmica envolvida na execução de projetos, que sofrem alterações no seu escopo, impactando no custo final. Apresenta-se procedimento para mitigar tais impactos, sem onerar o valor final do projeto, conhecido como “pulmão financeiro”. Exemplificou-se o pulmão financeiro num projeto de engenharia, de modo a acompanhar periodicamente a sua execução, a partir do valor da obra e do valor agregado com o seu consumo, permitindo identificar sinais que necessitem tomadas de decisão estratégicas.

    No quarto artigo, A. M. Araújo e W. B. Andriola avaliou a eficácia do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) no Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), a partir da averiguação da congruência entre os seus objetivos e os desempenhos alcançados pelos bolsistas. Verificou-se que o PIBIC contribui para a formação de recursos humanos para a pesquisa; para reduzir o tempo médio de permanência dos alunos na pós-graduação; possibilita maior interação entre a graduação e a pós-graduação; qualificar alunos para os programas de pós-graduação; proporcionar ao bolsista a aprendizagem de técnicas e métodos de pesquisa; estimular o desenvolvimento do pensar científico e da criatividade, decorrentes das condições criadas pelo confronto direto com os problemas de pesquisa.

    No artigo de número cinco, S. S. Sampaio e colaboradores analisaram as percepções de 41 discentes da pós-graduação stricto sensu sobre as motivações pré-existentes e as habilidades desenvolvidas na disciplina de controladoria. Os resultados foram estruturados em três fatores: habilidades de gestão, motivacionais, e habilidades contábeis e financeiras, com diferenças significativas identificadas entre homens e mulheres.

    No sexto artigo, M. L. F. Pinto e M. S. S. Rodrigues avaliaram a dinâmica da gestão colegiada da Maternidade Escola Assis Chateubriand (MEAC), a partir da visão dos seus gestores, funcionários/servidores e usuários, destacando benefícios e fragilidades do percurso. Os principais resultados apontam que o maior benefício da gestão colegiada é o conhecimento e partilha dos problemas organizacionais, a integração entre as categorias profissionais e a troca de saberes. As maiores fragilidades identificadas referem-se ao desconhecimento dos profissionais sobre a gestão colegiada, baixa diversidade entre os que frequentam a reunião colegiada, poucas manifestações de usuários incluídas em pautas de reunião do colegiado e necessidade de capacitação dos seus atores.

    O sétimo artigo de autoria de A. V. Moreira, R. M. da Silva e M. V. Rodrigues aborda a governança organizacional, baseando-se na necessidade de transparência, eficiência e eficácia nos processos da administração pública. Analisaram-se aspectos da controladoria pública na secretaria de governança de uma IFES e a sua contribuição para a melhoria da gestão universitária. O trabalho revelou a existência de relação direta e muito próxima da controladoria interna e da governança com vistas à melhoria na prestação de serviços aos cidadãos.

    O oitavo texto de autoria de J. M. de Albuquerque e S. M. A. Cavalcante objetivou identificar o nível de satisfação, cooperação social e voluntária dos colaboradores da Imprensa Universitária da UFC, para o alcance de seus objetivos. Os resultados evidenciaram elevado grau de comportamento de cidadania organizacional e a existência de problemas no ambiente de trabalho relacionados à saúde ocupacional e segurança do trabalho. Entretanto, a qualidade da liderança e eficácia setorial na solução de problemas, bem como a qualidade dos relacionamentos, foram aspectos positivamente avaliados. Estes fatores influenciam no fator proatividade dos indivíduos no trabalho, o qual desponta como condição própria para a organização atingir a excelência.

    Nesse diapasão, a Revista Eletrônica Acta Sapientia brinda importante material intelectual aos seus leitores, em áreas estratégicas, tais como Planejamento Estratégico de Instituição de Ensino Superior (IES), Gestão de Projetos de Tecnologia da Informação e de Instituições de Ensino, Gestão Acadêmica de Cursos de Graduação. Convidamos a todos os interessados nessas temáticas a desfrutarem da leitura dos respectivos artigos componentes do número 1, do Volume 7, de 2020, da Revista Eletrônica Acta Sapientia.

     

    Prof. Wagner Bandeira Andriola, PhD
    Editor-Chefe

    Prof. Alberto Sampaio Lima, PhD
    Editor-Adjunto

    Prof. Albano Oliveira Nunes, PhD
    Editores Associados

  • Sexta Edição - Acta Sapientia

    Sexta Edição
    v. 6 n. 1 (2019)

    Revista Eletrônica Acta Sapientia - Volume 6 - 2019

    Prezados Leitores:

    Impregnados de satisfação e alegria, os Editores da Revista Eletrônica Acta Sapientia apresentam os artigos componentes do Volume 6 de 2019. Realce-se, inicialmente, a produção conjunta de J. L. Barrozo Filho e W. B. Andriola, que deu ênfase ao Programa Universidade para Todos (PROUNI) enquanto importante Política Pública, de natureza afirmativa, voltada a facilitar o acesso ao Ensino Superior de camadas sociais com menores oportunidades educacionais, econômicas e culturais. Delineou-se pesquisa com o fito de obtenção de indícios acerca do grau de satisfação dos usuários do PROUNI e, assim, permitir sua valoração. Para tal, compararam-se usuários do PROUNI com não usuários, quanto à satisfação com a formação e quanto à empregabilidade. Os resultados demonstraram que os usuários do PROUNI estão satisfeitos com a formação recebida e têm desejo em inserirem-se imediatamente no mercado de trabalho. O segundo artigo origina-se de pesquisa conjunta envolvendo A. S. Lima, A. O. Nunes e A. R. L. Costa, cujo objetivo foi analisar a importância do ensino da matemática e sua relação com o cotidiano dos alunos. Realizaram-se entrevistas com alunos e com professores responsáveis por lecionar a disciplina, com base nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de Matemática. Os resultados apontaram para o valor que deve ser dado à Matemática, já que esta proporciona ao aluno a capacidade de raciocinar, refletir e pensar, além de contribuir para enfrentar os desafios que a vida traz, auxiliando no ensino das demais disciplinas, e contribuindo com a construção da cidadania. No terceiro artigo, C. E. Memória, G. Fenner e A. S. Lima dão realce à complexidade da comunicação organizacional. Com essa intenção, apresentam-se estratégias de comunicação adotadas por A. Hitler na segunda guerra mundial, que podem ser aplicadas nas organizações. Realizou-se pesquisa bibliográfica e estudo de caso em uma empresa de fabricação de transformadores. Os resultados indicaram que o gerenciamento da comunicação em empresas é uma estratégia imprescindível ao êxito organizacional e ao alcance de metas e objetivos. No quarto texto, J. A. Barrozo, M. V. Rodrigues e W. B. Andriola efetivaram estudo acerca da responsabilidade social em Instituições de Ensino Superior (IES). Partindo da premissa as ações de responsabilidade social constituem atividades educacionais, não há como dissocia-las das atividades curriculares, extracurriculares, de extensão e da relação da IES com os stakeholders. A pesquisa foi executada com uma amostra de 253 universitários teve o propósito de validar o Modelo Teórico de Responsabilidade Social, preconizado por Garcia e Lopes (2013). Os resultados apontaram que o modelo teorizado compõe-se de seis dimensões (Ética, Filantrópica, Legal, Econômica, Lealdade e Satisfação), que conseguiram explicar conjuntamente cerca de 61% da variância total dos resultados, a partir do uso da Análise Fatorial Confirmatória. O alfa de Cronbach do instrumento usado apontou elevada consistência interna, com valor 0,89. Finalmente, o Artigo 5, de autoria conjunta de C. A. Sousa Jr., E. C. Branco Jr. e A. S. Lima, abordou a gestão de segurança da informação, posto que, além de conferirem sigilo, são importantes para manter a reputação das organizações e empresas. O estudo buscou identificar como as empresas empregam firewalls em suas políticas de segurança da informação. Os resultados indicaram senso de responsabilidade e preocupação com a política de segurança nas empresas investigadas, apesar de a maioria ainda estar deficitária em termos do programa de conscientização interna, acerca da política de segurança com seus funcionários.

    Os resultados das pesquisas acima referidas trazem à lume relevante produção intelectual em campos estratégicos para o desenvolvimento de diversas áreas, com aderência visível à Educação, ocasionando, desse modo, o Volume 6 da Revista Eletrônica Acta Sapientia. Convidamos os interessados nessas áreas de conhecimento, sejam leigos, alunos, pesquisadores ou experts, a desfrutarem dos conteúdos, através de agradável leitura.

    Prof. Wagner Bandeira Andriola, PhD
    Editor-Chefe

    Prof. Alberto Sampaio Lima, PhD

    Prof. Albano Oliveira Nunes, PhD
    Editores Associados

  • Quinta Edição
    v. 5 n. 1 (2018)

    Revista Eletrônica Acta Sapientia - Volume 5 - 2018

    Prezados Leitores:

    Imanados de satisfação e alegria, os Editores da Revista Eletrônica Acta Sapientia apresentam os artigos componentes do Volume 5 do ano de 2018, do referido veículo de divulgação acadêmica, científica e intelectual. Ressalta-se, inicialmente, a produção de W. B. Andriola e A. C. Araújo, que realçou a importância da avaliação como instrumento fundamental para propiciar o aperfeiçoamento do ensino, do aprendizado dos alunos, da gestão escolar e dos sistemas educacionais. Para tanto, aborda-se a função diagnóstica da avaliação, na sua perspectiva formativa e somativa, a fim de fornecer subsídios para que os docentes possam fazer uso dessa valiosa atividade, cumprindo com os propósitos da profissão e garantindo o direito que os seus alunos têm de ter acesso aos conhecimentos abordados no âmbito da sala de aula, de modo a que resultem em aprendizados de relevo. O segundo artigo, de I. G. Medeiros, G. Fenner e A. S. Lima, descreve uma metodologia baseada nas boas práticas de auditoria para auxiliar na gestão de riscos em projetos, apresentando técnicas empregadas na auditoria para ajudar na gestão de riscos em projetos. No terceiro artigo, R. F. Silva realizou investigação qualitativa com o objetivo de investigar os processos de criação de políticas públicas educacionais, suas finalidades, para onde confluem, bem como os atores que impulsionam seu surgimento. De acordo com o estudo desenvolvido foi possível mostrar que os gestores públicos ainda veem a máquina pública com foco em seus interesses individualistas, ao invés de proporcionar ao cidadão oportunidades de igualdade de acessibilidade na relação escola e sociedade. No quarto artigo, M. V. Brandão, G. Fenner e A. S. Lima realçaram as lições aprendidas por uma empresa, levando-se em consideração as boas práticas sugeridas pelo PMBOK 5ª edição (Project Management Body of Knowledge), que proporcionaram adequação ao contexto da empresa, sua visão de negócios e seus valores. O quinto e último artigo de P. H. de Melo Freitas, A. S. Lima e W. B. Andriola focou no sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), a partir de investigação sobre a eficácia de Licenciatura de Matemática, na modalidade a distância. Os resultados indicaram que o curso forma profissionais para atuação na educação básica, que desenvolve saberes e competências necessárias para o exercício docente, e que as disciplinas disponibilizadas são satisfatórias para o magistério.

    Os estudos acima referidos trazem à baila relevante produção intelectual em campos estratégicos para o desenvolvimento de diversas áreas com aderência visível à Educação, proporcionando, assim, o Volume 5 da Revista Eletrônica Acta Sapientia. Convidamos os interessados nessas áreas de conhecimento, sejam leigos, alunos, pesquisadores ou experts, a desfrutarem do Volume 5 da Revista Eletrônica Acta Sapientia. Desejamos que tenham agradável leitura.

    Prof. Wagner Bandeira Andriola, PhD
    Editor-Chefe

     

    Prof. Alberto Sampaio Lima, PhD

    Prof. Albano Oliveira Nunes, PhD
    Editores Associados

  • Quarta Edição
    v. 4 n. 1 (2017)

     Revista Eletrônica Acta Sapientia - Volume 4 - 2017

     Estimados Leitores:

    Repletos de profunda satisfação e regozijo os Editores da Revista Eletrônica Acta Sapientia apresentam os artigos componentes do Volume 4 do ano de 2017, do referido veículo de divulgação acadêmica, científica e intelectual. Destaca-se, inicialmente, a produção de A. Monteiro e W. B. Andriola, que realçou as potencialidades quanto ao uso por parte de uma Instituição Federal de Ensino Superior (IFES) de um sistema de informações gerenciais dirigidas às atividades de Extensão, intitulado SigProext, destacando-se as vantagens estratégicas e operacionais com o fito de potencializar dados para a avaliação institucional. O segundo artigo, de autoria de J. A. T. Lopes, G. Fenner e A. S. Lima, apresentou os fatores que envolvem as partes interessadas na execução de um projeto e seu impacto sobre o sucesso do mesmo. Identificou-se que a participação de todos os stakeholders é fundamental para se conseguir eficiência e atender plenamente as necessidades dos clientes, com menor custo e proporcionando a entrega de resultados no menor tempo possível. No terceiro artigo, A. L. Monteiro e A. R. L. Costa destacaram o papel do Pedagogo em um Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), realçando suas ações junto à equipe de saúde, até suas contribuições para o resgate social dos usuários do programa em área de alta vulnerabilidade. Assim, o estudo buscou trazer à tona uma reflexão acerca da atuação deste profissional na educação não formal, reforçando que a educação formal não é o único espaço para abordar-se a formação e a cidadania. No quarto artigo, W. B. Andriola e A. C. Araújo realçaram a importância do Plano Nacional de Educação (PNE) como valioso guia para ações executivas com vistas à consecução de metas e da qualidade educacional vislumbrada pelo país. Nesse âmbito, destacaram-se as ações voltadas à avaliação da aprendizagem do alunado e ao uso efetivo dos resultados, com a perspectiva de promover o feedback para as comunidades e famílias, para a escola, para os gestores, para os próprios alunos e para os professores. Destacam-se, por fim, as características mais relevantes de Escolas Eficazes, ideal a ser perseguido incansavelmente pelos Gestores Educacionais com base nos princípios do PNE. O quinto e último artigo nos brinda o texto de M. V. V. Silva, G. Fenner e A. S. Lima, que focou sobre a importância do gerenciamento de projetos aplicado à mão de obra da construção civil. A aplicação do princípio de valor agregado possibilitou concluir que o gerenciamento de projetos é umas das atividades mais temidas pelos gestores da construção civil, os quais têm formação acadêmica em Arquitetura ou Engenharia e trabalham na execução dos seus pacotes de serviços. A gestão de projetos vem sendo exigida com mais frequência por parte dos patrocinadores dos projetos, devido a grandes falhas com prazos, custos elevados e escassez de mão de obra. Pode-se concluir que são de vital importância o acompanhamento e gerenciamento exclusivo dos projetos na construção civil.

    Como resultado dos estudos acima referidos, o Volume 4 da Revista Eletrônica Acta Sapientia trás à lume relevante produção intelectual, em campos estratégicos para o desenvolvimento de diversas áreas com aderência visível à Educação. Convidamos, assim, aos interessados nessas áreas de conhecimento, sejam leigos, alunos, pesquisadores ou experts, a desfrutarem das relevantes informações componentes do Volume 4 da Revista Eletrônica Acta Sapientia. Tenham uma agradável leitura.

    Prof. Wagner Bandeira Andriola, PhD
    Editor-Chefe

     

    Prof. Alberto Sampaio Lima, PhD

    Prof. Albano Oliveira Nunes, PhD
    Editores Associados

  • Terceira Edição - Acta Sapientia

    Terceira Edição
    v. 3 n. 1 (2016)

    Revista Eletrônica Acta Sapientia - Volume 3 - 2016

    Prezados Leitores:

    Com imensa satisfação os Editores da Revista Eletrônica Acta Sapientia apresentam os artigos componentes do volume 3, de 2016, do referido veículo de divulgação intelectual e científica. No rol de textos destacam-se a produção de P. B. R. Souza, G. Fenner  e A. S. Lima, que buscou avaliar a importância do Gerente de Projetos de empresas contábeis no atual cenário de mudanças e de alta competitividade dos negócios, tendo o estudo sido realizado em Fortaleza (CE). O segundo artigo, de autoria de F. G. B. Braga, A. R. L. Costa e A. O. Nunes, teve como objetivo revelar as memórias adquiridas por concludentes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do município de Icapuí (CE), realçando os saberes construídos durante o processo de ensino e aprendizagem e identificando a contribuição destes para a sociedade local. No terceiro artigo, E. O. Santos, G. Fenner e A. S. Lima destacaram a importância do Planejamento Estratégico para empresas industriais, pertencentes ao Projeto Extensão Industrial Exportadora (PEIEX), da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Os resultados constataram a relevância de aplicar boas práticas de Gerenciamento de Projetos, mesmo em empresas que não possuem maturidade estratégica, com o fito de melhor organizar as atividades voltadas à exportação. No quarto artigo, C. D. Silva e S. G. Silva realçaram a relevância do jogo enquanto atividade lúdica e pedagógica, potencializadora da socialização e da construção do conhecimento humano, propondo uma reflexão sobre a elaboração e o fortalecimento do conhecimento em infantes através dessa atividade. O quinto artigo nos brinda o texto de M. T. C. Zaranza, que focou sobre a construção da identidade docente a partir do significado que cada professor dá a sua profissão, em contraposição à atividade docente que lhe é conferida, no seu cotidiano institucional. Consideram-se valores, visões de mundo, história de vida, representações sociais e saberes docentes como fatores intervenientes na elaboração da identidade docente. Para tal, executou-se estudo em Escolas do Ensino Médio no município de Aracati (CE). Os resultados indicaram a visão de que, embora seja uma profissão que necessite maior valorização social, a docência é uma atividade que possibilita transformar pessoas. As histórias de vida contribuíram para a escolha da docência como profissão, quer seja por meio das brincadeiras de infância ou pelos exemplos extraídos da família.

    Nessa esteira, o volume 3 da Revista Eletrônica Acta Sapientia trás à baila relevante produção intelectual, em campos estratégicos para o desenvolvimento de diversas áreas com aderência visível à Educação. Assim, convidamos aos interessados nessas áreas de conhecimento, sejam leigos, alunos, pesquisadores ou experts, a desfrutarem do Volume 3 da Revista Eletrônica Acta Sapientia. Excelente leitura.

    Prof. Wagner Bandeira Andriola, PhD
    Editor-Chefe

     

    Prof. Alberto Sampaio Lima, PhD

    Prof. Albano Oliveira Nunes, PhD
    Editores Associados

  • Segunda Edição - Acta Sapientia

    Segunda Edição
    v. 2 n. 1 (2015)

    Prezados Leitores:

    É com enorme satisfação que os Editores da Revista Eletrônica Acta Sapientia anunciam os artigos componentes do volume 2 de 2015 do referido veículo de divulgação científica. No rol de textos destacam-se a produção de M. V. Rodrigues e A. M L. Simões, que abordou o alinhamento estratégico e sua aderência ao planejamento estratégico, realçando a contribuição do primeiro para a formação docente em uma Instituição Federal de Ensino Superior (IFES). O segundo trabalho, de autoria de E. Cavalcanti Neto, G. Fenner, A. S. Lima e W. B. Andriola destacou a relevância da adoção de indicadores voltados à gestão e ao monitoramento, sobretudo no que tange aos custos e aos prazos de execução de Projetos de Tecnologia da Informação. O terceiro artigo nos brinda o texto de S. H. A. B. Diógenes, S. M. A. Cavalcente e J. D. Oliveira, que destacou fatores associados à motivação de prestadores de serviços terceirizados no âmbito de uma Instituição Federal de Ensino Superior (IFES). No quarto artigo, de autoria de D. F. Silva, A. O. Nunes e A. R. L. Costa, foram enfatizadas as contribuições da formação do pedagogo em nível de graduação e seus impactos mais relevantes para o adequado exercício deste profissional como alfabetizador, através da análise curricular de um curso ofertado por Instituição de Ensino Superior (IES) de natureza privada. O quinto trabalho, de autoria de C. D. Silva e M. A. M. Lima, realçou a contribuição da avaliação institucional para a gestão de uma instituição de ensino da rede particular do município de Fortaleza, através do emprego do Modelo Quadripolar.

    Nesse diapasão, a Revista Eletrônica Acta Sapientia trás à lume importante material intelectual aos seus leitores, em áreas estratégicas para o desenvolvimento de áreas como Planejamento Estratégico de Instituição de Ensino Superior (IES), Gestão de Projetos de Tecnologia da Informação e de Instituições de Ensino, Gestão Acadêmica de Cursos de Graduação e Gestão de Pessoas. Convidamos a todos os interessados nessas áreas de conhecimento a desfrutarem da leitura do Volume 2 da Revista Eletrônica Acta Sapientia.

     

    Prof. Wagner Bandeira Andriola, PhD
    Editor-Chefe

     

    Prof. Alberto Sampaio Lima, PhD

    Prof. Albano Oliveira Nunes, PhD
    Editores Associados

  • Primeira Edição - Lançamento

    Primeira Edição
    v. 1 n. 1 (2014)

    A primeira edição da Revista Eletrônica Acta Sapientia inclui uma coletânea de artigos produzidos por discentes do Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior (POLEDUC) da Universidade Federal do Ceará (UFC), sob a supervisão dos respectivos docentes orientadores, que abordam temáticas relevantes à área central do referido programa de pós-graduação (stricto sensu).